sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Hugo Seco: “Não me deixo iludir por ter sido a figura”

Hugo Seco marcou ao Tondela e ajudou à conquista de um ponto, depois de na época passada ter sido fustigado por lesões
Hugo Seco festeja o golo frente ao Tondela
Depois de um ano “para esquecer”, o ala de 29 anos estreou-se a marcar pelo clube. Do Tondela já tinha boas memórias, de um jogo em que fez o 2-1 e garantiu o triunfo da Académica. Agora, quer afirmar-se

Hugo Seco foi o protagonista no empate do Feirense com o Tondela (1-1). O ala deu seguimento ao bom trabalho feito na pré-época e justificou a oportunidade no onze de Nuno Manta com o golo que valeu um ponto. “É sempre bom ser considerado o homem do jogo. Marquei um golo, mas não me deixo iludir só por ter feito um bom jogo e ter sido a figura. A equipa, no geral, esteve bem”, afirma o ala sobre o desempenho frente ao Tondela. Do adversário da ronda passada já tinha boas memórias: em janeiro de 2016, quando representava a Académica, marcou o segundo golo de uma vitória por 2-1. “Tenho de jogar mais vezes contra o Tondela”, gracejou.

A realizar um bom início de temporada, Seco quer compensar a má segunda metade da época 2016/17, quando trocou os búlgaros do Cherno More para se vincular ao Feirense. “O ano passado foi para esquecer e não pode servir de exemplo, porque estive dois meses parado. Cheguei aqui em baixo de forma e, além disso, a equipa estava a subir de rendimento.

Contratado em janeiro, Hugo Seco leva seis jogos com a camisola do Feirense. Quando tive oportunidades, joguei pouco, não deu para me mostrar. Depois tive duas roturas musculares que também interferiram na minha afirmação”, recordou, revelando que o regresso a Portugal “ficou a dever-se a motivos familiares e à forma como o Feirense se mostrou interessado”. Para esta temporada, deseja melhor sorte, mas sem pressões. “Não estipulei qualquer meta de golos, não sou de fazer muitos, mas quero fazer mais este ano. Sou mais de assistir e o principal objetivo é não ter lesões, porque estando bem fisicamente tenho condições para ajudar a equipa”, referiu.


in: O JOGO
ANDRÉ BASTOS

Sem comentários: